Juros do Plano Safra serão realinhados sem comprometer produtores, afirma Dilma

Declaração foi feita durante cerimônia de lançamento na manhã desta terça-feira

Declaração foi feita durante cerimônia de lançamento na manhã desta terça-feira  | Foto: Roberto Stuckert Filho / PR / CP

Declaração foi feita durante cerimônia de lançamento na manhã desta terça-feira | Foto: Roberto Stuckert Filho / PR / CP

Durante cerimônia de lançamento do Plano Safra 2015/2016, a presidente Dilma Rousseff disse nesta terça-feira que os juros do novo plano "serão realinhados sem comprometer a capacidade de pagamento de produtores". As taxas foram alvo de embate, nos bastidores, entre os ministros da Fazenda, Joaquim Levy, e da Agricultura, Kátia Abreu.
"Os juros serão realinhados sem comprometer a capacidade de pagamento dos produtores. Manteremos taxas de juros diferenciadas pras linhas de investimento prioritárias", discursou Dilma, destacando que, com as linhas de crédito oferecidas, espera que a agropecuária brasileira continue abastecendo "com preços adequados tanto o mercado interno quanto o externo".
Mesmo em tempos de ajuste fiscal, destacou a presidente, o governo conseguiu ampliar em 20% os recursos de crédito para financiar a próxima safra. "Tenho certeza de que os nossos produtores continuarão respondendo ao nosso apoio com mais produção, com mais alimentos, mais emprego pros brasileiros e mais riqueza pro Brasil", disse Dilma, destacando que o governo segue no empenho de criar uma "classe média rural forte".

Fonte: Correio do Povo