Julho deve encerrar com cotações firmes do arroz

Arrozeiros estão administrando oferta, o que mantém os preços firmes no mercado interno

por Estadão Conteúdo

 Shutterstock

Mercado também tem se abastecido com o cereal importado

O indicador Cepea/Esalq/BM&F para o arroz deve encerrar julho com valorização e firme acima do nível de R$ 34 por saca, informou nesta quarta-feira (31/7), o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Até o dia 30 de julho, a valorização o mês foi de 1,44%, a R$ 34,55/saca (Rio Grande do Sul, 58% de grãos inteiros).
De acordo com os pesquisadores do centro, arrozeiros estão administrando a oferta e negociando lotes apenas à medida que surgem compromissos de safra, o que mantém os preços firmes no mercado interno.
A fim de evitar uma maior valorização, o governo confirmou leilões dos estoques públicos do cereal. Na próxima semana, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) ofertará 50 mil toneladas de arroz.
De acordo com o Cepea, o mercado também tem se abastecido com o cereal importado. As compras da produção de outros países avançaram no primeiro semestre deste ano, para 466,8 mil t, ante 366 mil no mesmo período de 2012, alta de 27%. 

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *