Joana Colussi – Safra de verão – Tempo fechado ao arroz

Pela terceira semana consecutiva, a semeadura avançou em ritmo lento por conta do excesso de chuva

Tempo fechado ao arroz Federarroz/Divulgação

Ciclone extratropical foi registrado em Uruguaiana, na Fronteira Oeste, uma das principais regiões produtoras do cerealFoto: Federarroz / Divulgação

A chuva de outubro reduziu a expectativa dos produtores de arroz de uma safra cheia. O plantio, que até a primeira quinzena do mês transcorria com velocidade acima da média histórica, estagnou na casa dos 60% no Estado. Pela terceira semana consecutiva, segundo o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), a semeadura avançou em ritmo lento. Apesar de a chuva ter diminuído, algumas áreas continuam alagadas, o que dificulta os trabalhos no campo.

Até agora, a área semeada equivale a 64,9% dos 1,09 milhão de hectares projetados para a safra. O atraso deve comprometer o plantio dentro do zoneamento, que termina na primeira quinzena de novembro. O excesso de chuva também provocou a não germinação de sementes em algumas lavouras.

– Teremos parte da área plantada fora de época – estima Henrique Dornelles, presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz).

Por: Joana Colussi

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *