JBS pagará multa em Rondônia

A JBS fechou um acordo com o governo de Rondônia e pagará uma multa de quase R$ 270 milhões ao Estado. O pagamento será quitado em dez anos – em 120 parcelas mensais. A multa é um ressarcimento por crimes reconhecidos em delação pelos executivos da empresa. Em Rondônia, a JBS deu propina a políticos para pagar menos impostos.

Diferentemente de outros casos nos quais a J&F Investimentos – holding dos irmãos Joesley e Wesley Batista que controla a JBS – ficou responsável pelas multas, em Rondônia o montante será pago diretamente pela JBS. Isso ocorre porque os Estados não fizeram parte do acordo de leniência firmado pela J&F com o Ministério Público Federal (MPF).

Essa não é a única investigação decorrente da delação premiada da JBS que pode gerar multas para a companhia. Também há investigações em curso em Mato Grosso do Sul. Além disso, a empresa brasileira também relatou irregularidades fiscais em Mato Grosso.

"A JBS informa que o valor de R$ 267.511.586,01, acordado com o Estado de Rondônia, é relativo a pagamento de débitos fiscais provenientes de relatos apresentados no acordo de colaboração dos ex-executivos da J&F e JBS", informou a empresa, em comunicado. A reportagem não localizou um representante do governo de Rondônia para comentar.

Por Luiz Henrique Mendes | De São Paulo

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *