JBS inicia construção de nova fábrica de biodiesel em Santa Catarina

A companhia investirá R$ 180 milhões na construção da planta na cidade de Mafra (SC), com a geração de cerca de 400 postos de trabalho durante a obra e de 100 empregos diretos na operação

JBS-Biodiesel

Com duas fábricas, localizadas em Campo Verde-MT e Lins-SP, é a maior produtora mundial verticalizada de biodiesel a partir de sebo bovino. Foto: Divulgação

A JBS anunciou que começou nesta segunda, 8, a construção da sua nova fábrica de biodiesel, localizada no município de Mafra, em Santa Catarina. A planta será operada pela JBS Biodiesel, divisão da JBS Novos Negócios, com o investimento de R$ 180 milhões por meio da Seara Alimentos.

A fábrica da JBS Biodiesel em Mafra terá uma área total de 76 mil metros quadrados, com uma capacidade de produção de cerca de 1 milhão de litros de biodiesel por dia. Segundo a empresa, para a sua construção, serão gerados cerca de 400 empregos. Assim que finalizada a fase de obras, o que deve acontecer em junho de 2021, a operação deve gerar 100 postos de trabalho diretos e cerca de 300 indiretos, contribuindo para a movimentação econômica na região.

“Em linha com o crescimento do setor de biocombustíveis no país, estamos iniciando a construção desse empreendimento que mais que dobrará a nossa capacidade produtiva atual de biodiesel. A planta iniciará operação ajudando a suprir a demanda da entrada do B13, e pronta para atender o crescimento do marco regulatório que deve chegar a 15% em 2023”, explica Alexandre Pereira, diretor da JBS Biodiesel.

O município de Mafra está localizado em uma região estratégica para o setor de biocombustível nacional. Além de contar com uma logística eficiente de embarque e desembarque pelos modais ferroviário e rodoviário, está a 120 quilômetros de distância de Araucária (PR), onde está instalada a Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), uma das principais unidades de mistura e distribuição de diesel do país.

A JBS mantém mais de 30 operações da Seara em 18 municípios do estado, entre unidades produtivas de aves, suínos, industrializados, fábricas de ração, centros de incubação, terminais logísticos e centros de distribuição. Além disso, em Santa Catarina, a Companhia conta com mais de 20 mil colaboradores e uma rede de mais de 2 mil produtores integrados.

Fonte: Canal Rural

Compartilhe!