JBS arrenda ativos da Doux Frangosul

Comunicado formal da operação ao mercado será feito nesta sexta-feira

 Crise motivou inúmeras greves e manifestações em Montenegro<br /><b>Crédito: </b>  GUILHERME BAPTISTA / CP MEMÓRIA

Crise motivou inúmeras greves e manifestações em Montenegro
Crédito: GUILHERME BAPTISTA / CP MEMÓRIA

O Grupo JBS confirmou, ontem, o aluguel de ativos da operação de avicultura da Doux Frangosul, o que, na prática, é um arrendamento. Os detalhes serão feitos hoje, numa coletiva de imprensa, pela manhã, na sede da empresa, em Montenegro, após a confirmação oficial ao mercado. A crise da Doux se arrasta há dois anos. As especulações de negociação com a JBS começaram em março. Em abril, a multinacional paralisou as atividades. Cerca de 1,6 mil famílias estão à espera de respostas e de pagamento a atrasos de lotes entregues. E os funcionários estão dispensados com remuneração. Ainda sem confirmação oficial do negócio, o diretor executivo da Associação Gaúcha de Avicultura (Asgav), José Eduardo dos Santos, disse que o Grupo JBS deverá seguir o perfil exportador da Doux, com exploração também de produtos industrializados. "Vai ser muito bom se a empresa recuperar a sua importância econômica e social." O presidente da Fetag, Elton Weber, disse que, confirmada a negociação, será preciso acompanhar como serão pagos os atrasados e como será feita a recuperação de investimentos pelos produtores. "Foram dois anos de sofrimento."
Até dezembro de 2011, a Doux Frangosul detinha 40% das exportações gaúchas e 12% do que o setor gaúcho vendia no mercado interno. O presidente da Ubabef, Francisco Turra, disse que o mercado recebe muito bem a notícia porque a situação da Doux Frangosul, pontual, estava arranhando a imagem do setor avícola. Ele acrescenta que o JBS tem tradição de atuar no mercado de aves nos Estados Unidos e no México. Segundo o executivo, no Brasil, a partir da negociação, a empresa passa a explorar um mercado além da carne bovina.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *