Irrigação para o pequeno produtor

Fonte: Correio do Povo

Os agricultores familiares gaúchos terão um incentivo especial para construir microaçudes, cisternas, implantar sistemas de irrigação e perfurar e instalar poços artesianos. O governo investirá, até o final do ano, R$ 8 milhões em ações do programa Irrigando a Agricultura Familiar, que será lançado hoje, em Santo Ângelo. Para índios, quilombolas e inscritos no cadastro único, a construção deve ser gratuita. "Este será um investimento para combater a pobreza", destaca o secretário do Desenvolvimento Rural, Ivar Pavan. Os agricultores familiares deverão entrar com 20% do recurso e o governo, com 80%. O projeto deve ser aprovado pelo Comitê Técnico para o Desenvolvimento da Irrigação e dos Usos Múltiplos da Água. A iniciativa segue a lei 13.063, que instituiu o programa Estadual de Irrigação. A meta é, até junho de 2012, construir 1,2 mil obras e, até 2014, 5 mil. Os interessados deverão procurar os escritórios da Emater. Os agricultores já inscritos no ano passado devem aguardar as obras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *