Irrigação em debate

Na última década, as estiagens causaram um comprometimento do potencial produtivo das lavouras gaúchas de 70%. Mesmo assim, dos quase 430 mil estabelecimentos agrícolas do Estado, apenas 26,8 mil utilizam algum tipo de irrigação, segundo a Secretaria de Agricultura. Como enfrentar as estiagens que castigam o Rio Grande do Sul em sete de cada 10 safras? Para encontrar respostas a essa pergunta, entidades representativas da economia de Erechim realizaram ontem o Fórum Clima e Agonegócio. No encontro, agricultores familiares do Norte mostraram experiências bem-sucedidas de irrigação. Um dado interessante mencionado no debate: há 20 anos, o custo para irrigar um hectare de lavoura era igual ao valor do hectare. Hoje, representa apenas 30% do preço da terra. Contudo, a burocracia relativa ao licenciamento ambiental e à escassez de energia elétrica trifásica para mover os equipamentos ainda limitam o uso da irrigação entre nós.

Fonte: Zero Hora | OLHAR DO CAMPO | Irineu Guarnier Filho