Inventário conclui trabalho de campo

A Secretaria da Agricultura (Seapa) concluiu o trabalho de campo do inquérito da tuberculose e brucelose no Estado. As equipes da secretaria realizaram testes de tuberculose e fizeram a coleta para exames de brucelose em sete regiões e 1.065 propriedades. Depois do trabalho a campo, explica a coordenadora do Programa de Controle e Erradicação de Tuberculose e Brucelose da Seapa, Ana Cláudia Groff, agora, o trabalho será colocar as informações na plataforma do Laboratório de Epidemiologia e Bioestatística da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (USP). ‘Esta é a parte mais demorada, pois o resultado de cada um dos animais testados precisa ser digitado com muita atenção para evitar erros’, explica Ana. Segundo ela, ainda não é possível prever o prazo de conclusão da análise estatística dos dados pela USP.

O inquérito é fundamental para o início do Procetube, o programa de erradicação de brucelose e tuberculose estadual. ‘Precisamos dele para traçar a melhor estratégia’, relata Ana Cláudia.

Caso a prevalência fique abaixo de 1%, será possível estruturar um plano de erradicação. ‘Nesse caso, o programa poderá ser obrigatório a todos produtores.’ Se ficar acima de 1%, o plano será manter estratégias de controle: vacinação para brucelose, testes e controle do trânsito animal.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *