Inicia transporte de milho subsidiado

Foi retomado, em Mato Grosso, o carregamento de 40 mil toneladas de milho subsidiado com destino ao Estado. Após a reclamação de produtores de que há mais de 40 dias aguardam 9.823 sacas do cereal e já pagaram R$ 206,3 mil, ontem o superintendente regional da Conab/RS, Glauto Melo, disse que, em até 10 dias, o milho deve chegar ao campo. O atraso deve-se a fatores como a greve dos caminhoneiros.
Paralelamente, a Conab avalia as praças onde há sobra de produto no Estado para fazer o deslocamento para regiões com demanda superior à inicial. Um dos exemplos é Santa Rosa, com pedidos acima das 10 mil t solicitadas. Apesar da garantia, o assessor de Política Agrícola da Fetag/RS, Márcio Langer, fala numa espera de até duas semanas. "Até o produto chegar ao armazém, a Conab notificar o produtor e emitir a nota, leva muito tempo." O programa garante milho por R$ 21,00 a saca.
Melo adiantou que, com a continuidade da crise na suinocultura e avicultura, o governo estuda um aditivo para ampliar o fornecimento no Estado. A portaria 144, que autoriza a contratação de frete, é valida até outubro e destinou 200 mil t para RS e SC. Segundo Melo, para os gaúchos o total é de 120 mil t, mas, pelo quadro, deve ser preciso até o dobro deste volume. Já Langer reforça que a demanda deve seguir aquecida até a entrada de milho da próxima safra.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *