INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA – Paralisação reduz em 27% movimentação diária de granéis no Porto de Paranaguá

Os estoques de grãos para exportação nos armazéns estão a 51% da capacidade total do porto

Porto-paranaguá-infraestrutura (Foto: Foto: Ivan Bueno/ APPA)

O Porto de Paranaguá registrou uma queda de 15 toneladas por dia (Foto: Foto: Ivan Bueno/ APPA)

A paralisação dos caminhoneiros reduziu em 27% a movimentação diária de granéis no Porto de Paranaguá, de 150 mil para 110 mil toneladas nesta quinta-feira (24) disse a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), em nota.

"Depois de quatro dias de paralisação total das atividades rodoviárias, os estoques de grãos para exportação nos armazéns estão a 51% da capacidade total do porto", informou a Appa. "Deste modo, o porto registrou uma queda nas exportações de granéis de 15 mil toneladas por dia, passando de 85 mil para 60 mil toneladas diárias."

Já a importação de fertilizantes foi interrompida em berços de atracação em que o transporte da carga é feito por caminhões, segundo a Appa. Apenas os berços que operam com esteiras continuam funcionando. "A movimentação de desembarque de fertilizantes caiu de 25 mil toneladas ao dia para 10 mil toneladas."

Conforme o porto, a movimentação de granéis líquidos segue ocorrendo dentro da média diária de 40 mil toneladas.

POR ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte : Globo Rural