INFORME RURAL | THIAGO COPETTI

 

  • Voz gaúcha em encontro avícola na Suíça

    Omais importante órgão mundial do setor avícola se reúne na Suíça, na quinta-feira, tendo como principal representante brasileiro um gaúcho. Vice-presidente do International Poultry Council (IPC), que promove o encontro, Ricardo Santin é diretor de Mercado da União Brasileira de Avicultura (Ubabef) e avalia que o clima do encontro em Genebra é positivo. Sem a seca que devastou a produção de milho norte-americano no ciclo 2012/13 , os Estados Unidos agora voltaram a ter expectativas de uma boa colheita neste ano. Assim, os preços e a oferta do principal insumo do setor devem se manter estáveis, espera Santin, ao contrário do que ocorreu neste ano.
    – O produtor de frango precisa de estabilidade, de preços e de oferta do grão. Esse retorno da boa safra americana no milho pode não ser boa para o produtor do grão do Brasil, mas os preços estão um patamar que considero equilibrado, em uma cotação razoável para o agricultor brasileiro e não tão elevada para o avicultor – avalia o executivo.
    Também estará em discussão na Suíça o chamado abate humanitário dos animais. Santin explica que o foco é evitar ao máximo o sofrimento das aves tanto na hora do abate quanto ao longo da criação. O tema é um dos focos do IPC nos últimos anos e deve ganhar ainda mais peso a partir de agora, avalia. E Santin fala com domínio de causa: o instituto mundial deverá ser presidido por ele daqui a um ano e meio. Tradicionalmente, é o vice que assume o comando da entidade. Quem deve passar o bastão ao gaúcho é o atual presidente do IPC, o norte-americano Jim Sumner. A troca de comando Estados Unidos/Brasil faz sentido. Enquanto os Estados Unidos são os maiores produtores mundiais de frango, o Brasil é o maior exportador da carne.
    – No mundo, são 105 milhões de toneladas de frango consumidas anualmente, com perspectiva de crescimento entre 2% e 3 % no próximo ano – avalia Santin, advogado e cientista político nascido em Marau, assim como o presidente da Ubabef, Francisco Turra.

  • Na Catanduva, é tudo com ela

    O remate que a Cabanha Catanduva realiza no próximo domingo, em Esteio, mostra um pouco dos rumos que a empresa vai ganhando sob o comando de Fabiana Gomes. Desde que o pai, Fábio Gomes, passou à advogada o comando dos negócios, no início deste ano, a também veterinária se desdobra em visitas de trabalho nas diferentes cidades onde a família tem propriedades (Glorinha, Cachoeira do Sul e no Uruguai, no departamento de Taquarembó). Além de ajudar o marido, Eduardo Xavier, na propriedade dele em Bagé, na região da Campanha.
    A ideia da pecuarista, de 33 anos, é circular mais nos eventos e atividades ligados a agropecuária, mas só em 2014.
    – Antes, preciso me dedicar à Catanduva, que está mudando de sede de Glorinha para Cachoeira do Sul, e ao nosso investimento em soja – revela Fabiana, que atua cabanha desde a área de inseminação até a gestão do marketing e que, com o curso de veterinária concluído, se dedicará agora a uma especialização na área de reprodução e produção de bovinos.
    No remate de angus rústicos que fará domingo, na Pista J do Parque de Exposições Assis Brasil, a cabanha levará 50 touros e 30 fêmeas. O número de fêmeas para venda foi ampliado neste ano, explica Fabiana, para que ela possa seguir na meta de se dedicar ao melhoramento da qualidade genética dos animais da cabanha, focando em um conjunto menor.
    – No domingo, esperamos ter um resultado tão bom quanto no ano passado, quando a média ficou em torno de R$ 9 mil – complementa a empresária, que também levará para a pista uma dezena de cavalos crioulos.

  • O preço pago pelo quilo do suíno vivo subiu R$ 0,14 no Estado desde a semana passada, ficando em R$ 3,74, em pesquisa realizada pela Associação de Criadores de Suínos (Acsurs). De acordo com presidente da entidade, Valdecir Folador, a alta se deve a volta das exportações para a Ucrânia e ao ajuste da demanda e do consumo no Estado.

  • Sindicato Rural de Dom Pedrito promove hoje, em Porto Alegre, a 80ª Exposição Agropecuária – Farm Show, que ocorre de 23 a 27 de outubro.

  • Inaugurações em sequência

    O secretário da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, tem feito um périplo de inaugurações de revitalização das inspetorias de defesa agropecuária no Estado. Só falta aos eventos por motivos de força maior, como de saúde, o que ocorreu na semana passada. Hoje, Mainardi entrega as reformas concluídas das unidades de Arroio dos Ratos, Charqueadas, General Câmara e São Jerônimo. Com essas quatro, ainda faltarão obras em outras 200 unidades dentro do programa de investimento de R$ 60 milhões anunciado pelo governo do Estado em 2011. São recursos para a compra de mesas, cadeiras e computadores até para a pintura de prédios. O roteiro segue, na sexta-feira, nos municípios de Três Coroas, Taquara e Parobé.

  • O ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, apresenta hoje, em Roma, palestra sobre segurança alimentar e nutricional em evento da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *