INFORME RURAL

 

  • Soja gaúcha farta e de qualidade

    Osétimo levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) sobre a safra 2012/2013, divulgado ontem, confirmou a recuperação na produção e na qualidade dos grãos cultivados no Rio Grande do Sul. A estimativa é de que sejam colhidas 27,89 milhões de toneladas, alta de 33,5% em relação ao período anterior, prejudicado pela estiagem – a segunda maior produção da história.
    Na soja, responsável pelo recorde de 12,19 milhões de toneladas, além da recuperação dos números, o ano marca a volta da qualidade à oleaginosa. Diferentemente da safra 2011/2012, massacrada pela seca, neste ano o grão não sofreu danos por condições climáticas adversas e se apresenta com teor adequado de óleo e baixo número de grãos esverdeados.
    Os dados mais recentes da Emater apontam que os trabalhos de colheita estão em 27% do total da área prevista. A produtividade, de acordo com a Conab está em 2,64 toneladas por hectare, alta de 69,8% em relação ao ano passado.

  • Máquinas ajustadas para aumentar a rentabilidade

    A Emater/RS e a Cooperativa Mista dos Agricultores de Toropi realizam hoje, às 14h, em São Pedro do Sul, na região Central, reunião técnica sobre medição de perdas na colheita e regulagem de colhedoras automotrizes. O encontro será na localidade de Igrejinha do Divino, na propriedade de Willy Campagnolo.

  • Ovinos com marca de procedência

    Para dar visibilidade à produção local, o Sindicato Rural de Lavras do Sul, em parceria com a prefeitura, realiza neste mês a Ovinofest. Lançado na Capital, o evento será realizado entre os dias 26 e 28.
    – Teremos oficinas, concurso de churrasco, tudo com carne de cordeiro criado a pasto – afirma Francisco Abascal, presidente do sindicato.
    Será uma primeira experiência, mas a ideia é alçar, no futuro, voos mais altos. Uma marca identificando o produto da cidade está entre os objetivos, adianta o prefeito Alfredo Borges. Hoje, são 115 mil ovinos, com preodominância das raças corriedale, texel e ile de france.
    A aposta na produção reflete a retomada da ovinocultura, com o programa Mais Ovinos no Campo, um incentivo do governo estadual para a retenção de matrizes e compra de reprodutores. Dos R$ 102 milhões de crédito, R$ 51,8 milhões já foram usados. O resultado: o rebanho gaúcho, que em dezembro de 2010 era de 3,65 milhões de animais, agora superou a casa dos 4 milhões.
    Um evento especial para marcar esse número está sendo preparado pela Secretaria da Agricultura.

  • Ubabef protesta contra pedido de produtores da África do Sul

    O presidente executivo da Ubabef, Francisco Turra, protestou ontem contra o pedido de produtores sul-africanos para dificultar a entrada de produtos avícolas no país. Após tentar medidas antidumping – que o setor brasileiro comprovou não existir –, o grupo pede reajuste de até 82% na tarifa de importação de produtos avícolas.

  • Facilidade para importar trigo

    O governo federal decidiu aumentar de 1 milhão para 2 milhões de toneladas a cota para importação de trigo em grão com isenção da tarifa de 10%, até 31 de julho, em razão do período de entressafra por aqui e da quebra na Argentina, principal fornecedor do grão ao mercado brasileiro.
    As empresas Lativale e Nutrifont anunciaram investimento de quase
    R$ 150 milhões no setor de laticínios, ontem. A Nutrifont investirá R$ 130 milhões em uma fábrica em Três de Maio para produção de derivados do soro do leite e a Lativale, de Estrela, R$ 19,8 milhões para ampliar a produção de composto lácteo.
    – As empresas Diamaju Agrícola e Biotran assinaram parceria para abrir um laboratório de fertilização in vitro de embriões bovídeos em Anta Gorda, no Vale do Taquari.

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *