INFORME RURAL

 

  • Visita dos ucranianos

    Em resposta ao pedido do governo federal, uma missão técnica do serviço sanitário da Ucrânia deve desembarcar em solo brasileiro ainda neste mês. A expectativa do setor é de que a visita seja o primeiro passo para a reversão do embargo do país europeu à carne suína brasileira.
    Maior comprador do produto nacional em 2012, a Ucrânia suspendeu temporariamente a importação em março por questões sanitárias. O Rio Grande do Sul foi o segundo Estado que mais exportou carne suína no ano passado, perdendo apenas para Santa Catarina.
    Segundo o presidente da Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs), Rui Vargas, os ucranianos ainda não sinalizaram que tipo de missão será enviada, se contemplará apenas debates técnicos ou incluirá também visita a plantas frigoríficas localizadas no país.

  • Colheita do arroz chega à metade

    A colheita do arroz avança no Estado. O mais recente levantamento do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga) aponta que os trabalhos foram concluídos em 54,38% dos 1,079 milhão de hectares semeados na safra 2012/2013. Nos 586.440 hectares já colhidos, a produtividade média chegou a 7.642 quilos por hectare, similar à registrada no ano passado. Os trabalhos estão mais avançados na região litorânea, com 71% da colheita concluída.
    O Irga não aponta quebra na produção, mas, por conta do frio abaixo de 13ºC e da chuva registrada no Sul e na Campanha em março, não está descartada pequena queda na previsão para a safra, de cerca de 8,2 milhões de toneladas, segundo o presidente do instituto, Cláudio Pereira.
    O aumento da oferta já provoca uma leve redução no valor pago ao produtor. Enquanto no início da colheita, em fevereiro, a média no Estado pela saca de 50 kg estava em R$ 34, agora caiu para R$ 30,74. Ainda assim, de acordo com a consultoria Safras & Mercado, o valor está cerca de 17% acima da cotação na mesma época de 2012 e dos R$ 18 que chegaram a ser registrados na safra 2010/2011. O preço mínimo estabelecido pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é de R$ 25,80.
    Com o término da colheita, previsto para o fim de abril, os valores devem se estabilizar. No entanto, o analista de arroz da Safras & Mercado, Eduardo Aquiles, alerta que as dificuldades logísticas para o escoamento do cereal podem segurar produto no mercado interno, o que pode pressionar os preços para baixo. Mesmo com os bons números, para a próxima safra o presidente do Irga não fala em expansão:
    – Estamos recomendando que mantenham os números de área cultivada neste ano. Se o preço da soja se mantiver alto, a área de arroz vai ficar equilibrada.

  • Preço mínimo para carne suína avança

    A inclusão da carne suína na lista de produtos da política de garantia de preços mínimos do governo federal cumpriu mais um passo ontem, com a aprovação na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados de projeto sobre o tema.
    A garantia é um pedido antigo de representantes do setor, que em 2012 enfrentou problemas graves no primeiro semestre com os preços baixos pagos pela carne e a alta nos custos de produção. O texto segue agora para a Comissão de Constituição e Justiça antes de seguir para sanção presidencial.

  • Carne dentro dos padrões

    Os resultados do Plano Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes, divulgados ontem pelo Ministério da Agricultura, mostram que 99,54% das 14.596 amostras de carnes analisadas em laboratório estavam dentro dos padrões.
    A maior parte das amostras teve 100% de aprovação. O programa, que verifica a eficácia dos sistemas de controle de resíduos adotados pelas indústrias nos produtos destinados ao mercado interno e externo, analisou porções de carnes bovina, suína, equina, de aves e de avestruz, além de leite, mel, ovos e pescado.

  • Provas do Circuito Exceleite

    Três de Maio e Santo Ângelo recebem as próximas etapas do Circuito Exceleite 2012/2013, que reúne animais da raça holandês em provas de pista e produção.
    As etapas nos dois municípios ocorrem entre os dias 25 de abril e 1º de maio. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail administracao@gadolando.com.br. Informações: (51) 3336-2533 ou 3336-2067.

  • Couro no exterior

    A exportação brasileira de couros e peles acumula alta de 17% em receita no resultado dos três primeiros meses do ano. O valor das vendas somou US$ 543,7 milhões no período, segundo o Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB).

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *