Indústria garante VEP para milho

Quase três meses após solicitado pelo setor, o governo federal corrigiu a portaria 143 que autoriza a realização de Valor de Escoamento de Produto (VEP) para o milho. A portaria incluiu as indústrias de ração como adquirentes, além de produtores e cooperativas. Conforme o texto, o volume será de até 500 mil toneladas, com teto de 1 mil toneladas ao mês por adquirente. Segundo o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Caio Rocha, o edital do primeiro leilão, a partir destas regras, deve sair em cinco dias úteis. Ele observa que o preço de mercado deve estar acima do mínimo, de R$ 17,46 por saca, e que o ministério ainda não definiu o valor do prêmio. Conforme a portaria, o valor terá como base o preço de paridade de exportação no Porto de Paranaguá.
O diretor executivo do Sips, Rogério Kerber, disse que apesar da demora, agora se torna viável a realização de VEP. "Vamos aguardar o edital para verificar os preços, o que também depende das praças onde estarão disponíveis os grãos." A portaria é válida até 31 de dezembro.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *