Indústria de máquinas cobra apoio

Fonte:  Correio do Povo

Rego destacou dificuldade nas vendas de equipamentos no curto prazo<br /><b>Crédito: </b> Lau Polinesio / divulgação / cp

Rego destacou dificuldade nas vendas de equipamentos no curto prazo
Crédito: Lau Polinesio / divulgação / cp

Enfrentando problemas para exportar para a Argentina e observando o comportamento das commodities, as indústrias de máquinas agrícolas esperam a ampliação dos programas de governo para alçar maiores vendas rumo à expansão agrícola brasileira. Contudo, o cenário é de retração. Segundo a Anfavea, a perspectiva para 2011 é que a comercialização de máquinas recue 5%, puxada pela queda de 7% nos tratores. Até julho, foram vendidas 26,5 mil unidades de tratores, recuo de 8,7%. Ao participar do 10 Congresso Brasileiro do Agronegócio, em SP, o diretor da Anfavea, Milton Rego, avaliou que, no curto prazo, o agricultor vai repensar compras, mas, no médio prazo, há perspectiva de crescimento. O diretor da John Deere, Alfredo Miguel Neto, sugere que o governo invista na reformulação do Mais Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *