Indefinição sobre bebidas de soja

A revisão da carga tributária sobre bebidas à base de soja segue indefinida no RS após sete meses da solicitação encaminhada pelo varejo ao governo estadual. Enquanto no Estado o ICMS atualmente é de 25%, igual ao da cerveja, por exemplo, em Santa Catarina e no Paraná, o imposto é de 12%. O presidente da Agas, Antonio Cesa Longo, critica a demora na tomada de decisão já que a tributação encarece o produto que chega ao Estado, dificultando a expansão do seu consumo. No RS, o litro ao consumidor chega a R$ 4,00 enquanto nos estados vizinhos o produto é encontrado por R$ 3,30 no varejo. Longo classifica o tratamento tributário dispensando a esses produtos no Estado de "altamente restritivo". "O governo está demorando muito para resolver." Por meio de sua assessoria, a Receita Estadual da Secretaria da Fazenda se limitou a informar que o assunto segue em análise na área técnica.

Fonte: Correio do Povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.