Incêndio atinge armazém de fertilizantes em São Francisco do Sul

Defesa Civil informou que o nitrato de amônio é uma substância oxidante e não tóxica

2ª Cia de Aviação PMSC

Foto: 2ª Cia de Aviação PMSC

Vento leva a fumaça a distâncias maiores

Bombeiros e equipes técnicas trabalham para controlar um incêndio no armazém de fertilizantes da empresa Global Logística, localizada no município de São Francisco do Sul, no Litoral Norte de Santa Catarina. As chamas começaram após uma explosão, por volta das 23 horas de terça, dia 24, em uma carga de nitrato de amônio. O governador do Estado, Raimundo Colombo, decretou na tarde desta quarta, situação de emergência no município.
Segundo informações dos bombeiros, o depósito possui cerca de 5 mil metros quadrados e abrigava, pelo menos, 10 toneladas de fertilizantes que contêm a substância. De acordo com a Defesa Civil, a divulgação de que a fumaça gerada pelo incêndio é tóxica criou grande pânico, e parte da população, de 42 mil habitantes, correu para deixar a cidade. A Defesa Civil informou que o nitrato de amônio é uma substância oxidante e não tóxica.
O órgão orienta a população a evitar o contato com a fumaça porque ela pode causar irritação na pele, mucosas, sistema respiratório e olhos. Mais de 400 pessoas que residem próximo ao local da explosão foram encaminhadas a abrigos. Cerca de 150 pessoas, entre bombeiros e pessoal de apoio, trabalham na operação neste momento. Seis caminhões-tanque estão sendo utilizados.
A Rodovia BR-280, que leva ao município, foi bloqueada para a população em geral. Técnicos de Paranaguá (PR), Brasília e São Paulo estão se deslocando para o local para uma operação destinada a controlar os riscos de uma nova explosão espontânea. Uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos bombeiros e pela Defesa Civil é o vento que leva a fumaça a distâncias maiores. Nesses casos, a Defesa Civil recomenda que as pessoas fiquem em local fechado.
O comandante da Polícia Militar, Nelson Coelho, diz que o acidente mantém população em estado de atenção. Ele destaca que no começo da tarde desta quarta, a direção do vento mudou em Santa Catarina.

– Fizemos um levantamento prévio da área, das condições de vento e da temperatura que podem influenciar no deslocamento da coluna de fumaça. Houve já uma modificação de rota dessa fumaça. As informações da Defesa Civil apontam que os bairros próximos do local foram evacuados – disse Coelho.

A fumaça do terminal marítimo passou a subir em direção ao Norte e avançar para a Baía da Babitonga, no limite entre a cidade e Itapoá, e também para o litoral sul do Paraná.
Porto fechado

Segundo informações do jornal Zero Hora, o porto de São Francisco do Sul permanecerá fechado durante toda a quarta, dia 25. Os navios que tiverem condições de se movimentar, de acordo com orientações da Capitania dos Portos, são orientados a se afastar da área afetada por medida de prevenção.
A tripulação dos navios que não podem se afastar foi orientada a permanecer nas cabines para evitar o contato com a fumaça. Os caminhões que estavam em direção ao porto nesta quarta aguardam a liberação na barreira próxima ao trevo de Barra do Sul.
Orientações da Secretaria da Saúde

A supervisora do Centro de Informações Toxicológicas (CIT) da Secretaria de Estado da Saúde, Marlene Zannin, explica que a população deve permanecer calma e atenta aos sintomas. Segundo ela, a dispersão dessas substâncias (nitrato de amônia, diafosfato de amônia e cloreto de potássio) provoca alguns efeitos agudos, como tosse, pele avermelhada, olhos lacrimejantes e doloridos, além de congestionamento das vias orais.

A orientação da supervisora, é sair da exposição à fumaça, ir para local arejado e tomar banho com água e sabão, lavando todo o corpo, inclusive o couro cabeludo e as mucosas nasais, para eliminar resíduos das substâncias. Se os sintomas persistirem ou se agravarem, a pessoa deve então procurar atendimento médico.

Das cerca de 70 pessoas atendidas na rede de saúde de São Francisco do Sul, nenhuma foi configurada como caso grave, afirma Marlene. A CIT está acompanhando os fatos desde a madrugada desta quarta.
Veja imagens da fumaça causada pelo incêndio:

CANAL RURAL, AGÊNCIA BRASIL, GOVERNO SC COM INFORMAÇÕES ZH

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *