IGC reduz previsões para estoques de milho e trigo

O Conselho Internacional de Grãos (IGC, na sigla em inglês) cortou em quase 5% a previsão para os estoques globais de milho ao fim da temporada 2014/15, que está em início de plantio no Hemisfério Norte. Em relatório divulgado na sexta-feira, o órgão estimou um volume de 163 milhões de toneladas, ante as 171 milhões de toneladas projetadas em março.

A redução deriva da perspectiva de queda na produtividade do grão, após os "resultados excepcionais" da safra 2013/14, informou o IGC. A expectativa é de que a colheita mundial de milho totalize 950 milhões de toneladas, aquém das 961 milhões indicadas em março e das 965 milhões de toneladas produzidas no ciclo anterior.

Para o trigo, a previsão também é de rendimentos mais enxutos. O IGC reduziu em 2% a estimativa para a colheita global do cereal em 2014/15, ante o apontado no mês passado, para 697 milhões de toneladas. A previsão para o consumo, por sua vez, foi elevada de 700 milhões para 701 milhões de toneladas. Ainda assim, a expectativa para os estoques de passagem de trigo caiu de 190 milhões para 187 milhões de toneladas.

No caso da soja, o IGC manteve a previsão de colheita em 282 milhões de toneladas e a de estoques de passagem em 27 milhões de toneladas na safra 2013/14, que está na reta final de colheita no Hemisfério Sul.

© 2000 – 2014. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3528626/igc-reduz-previsoes-para-estoques-de-milho-e-trigo#ixzz30BRH3BLq

Fonte: Valor | Por Mariana Caetano e Fernanda Pressinott | De São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *