Heringer amarga prejuízo

A Fertilizantes Heringer, uma das maiores empresas do segmento no país, registrou prejuízo líquido de R$ 11,875 milhões no primeiro trimestre deste ano, ante lucro líquido de R$ 3,153 milhões no mesmo período de 2012. Em comunicado, a empresa credita a piora do resultado ao impacto de operações de hedge.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) subiu 85,3% na comparação, para R$ 19,968 milhões. Já a margem bruta aumentou de 8% para 8,7%. A receita líquida, por sua vez, registrou incremento de 13,5%, para R$ 1,088 bilhão.

Os produtos especiais voltaram a influenciar diretamente a receita líquida da empresa, e não apenas pelo volume crescente, mas também por margens melhores. O volume de entrega desses produtos, de maior valor agregado, somou 345 mil toneladas (35% do total). O volume total foi de 983,9 mil toneladas de janeiro a março deste ano, um aumento de 1,3% frente ao volume registrado um ano antes.

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3118216/heringer-amarga-prejuizo#ixzz2StO0mj7d

Fonte: Valor | Por Carine Ferreira | De São Paulo

Compartilhe!