Grupo de ruralistas monitora Código Florestal

Fonte: CORREIO BRAZILIENSE – DF

Produtores rurais começaram a chegar a Brasília na tarde de terça-feira para o lançamento oficial do grupo Brasil Verde que Alimenta e participar do 3º Seminário da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop). O movimento representa cerca de 40 mil pequenos, médios e grandes produtores e tem a intenção de aumentar a representatividade do setor nas discussões sobre o Código Florestal, em tramitação no Senado.

O projeto já foi apreciado na Comissão de Constituição e Justiça, mas precisa passar por mais três comissões na Casa antes de ser levado a plenário. Os ruralistas acreditam que, caso seja apresentado um relatório conjunto desses colegiados, os trabalhos podem ser acelerados. "Essa pode ser uma boa alternativa para que o texto seja votado até o fim do ano", afirma o presidente da Associação dos Produtores de Cana do Vale do Mogi (Assomogi), Antonio de Azevedo Sodré.

Eles esperam também que o texto final preveja alguma forma de ressarcimento para o produtor que preservar a floresta nativa em sua propriedade e que seja mantida a atual área produção.

Ministros e parlamentares farão parte da mesa de abertura do seminário, hoje, no Auditório Petrônio Portela, no Senado. Entre os confirmados, estão os ministros da Agricultura, Mendes Ribeiro; da Casa Civil, Gleisi Hoffmann; e do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence. O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e o da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), também estarão presentes. Completam a lista de convidados o presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras, Márcio Lopes de Freitas; o presidente da Frencoop, senador Waldemir Moka (PMDB-MS); e o ex-ministro da Agricultura e atual presidente do Conselho Superior do Agronegócio da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), Roberto Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *