GRÃOS | Diferentes custos de produção

Apesar de testes já feitos com canola e girassol, a produção de biodiesel no país ainda é dependente da soja, safra que alcançou 86 milhões de toneladas no ciclo 2013/2014, de acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Uma das principais fornecedoras de óleo bruto de canola no Brasil, a Celena Alimentos, com sede em Giruá, beneficia em média 35 mil toneladas da oleaginosa por ano para consumo humano, ração ou cosméticos.
– Hoje, o custo do óleo de canola é inviável para o biodiesel, por ser mais nobre e ter valor agregado maior do que o da soja (na venda para consumo humano) – explica Vantuir Scarantti, gerente agrícola da Celena Alimentos.
A maior adição de biodiesel no combustível terá impacto no consumo interno de óleo de soja, que deverá chegar a 6,1 milhões de toneladas neste ano – 300 mil toneladas a mais do que a estimativa anterior. Conforme a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais, metade do volume adicional virá do processamento extra de grãos e a outra parte será redirecionada das exportações de óleo.

MULTIMÍDIA

 

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *