GRÃOS – Competição premia soja com maior produtividade do Distrito Federal

São 30 cultivares que disputam o reconhecimento de planta mais produtiva da região; resultado será divulgado na AgroBrasília

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Uma competição entre produtores de sementes do Distrito Federal vai descobrir qual variedade de soja rende mais na região. Estão na disputa 30 cultivares, que foram plantadas por sete empresas. Ganha quem alcançar a melhor produtividade.

O resultado será divulgado no dia 10 de maio, durante a AgroBrasília. Para o coordenador do evento, Ronaldo Triacca, o desafio de produtividade auxilia o agricultor. “Faz parte para o planejamento da próxima safra. O agricultor espera o resultado para poder definir o que ele vai plantar na próxima safra. Além disso, ele consegue ver como cada cultivar se comporta”, argumenta.

Entre as variedades que competem, há dois grupos de tecnologia: RR e Intacta. Os organizadores do evento esperam que a soja ganhadora produza, pelo menos, 70 sacas por hectare, mas eles alertam que este não é o único critério que o produtor deve levar em conta na hora de escolher a semente ideal de soja.

DF faz prova para descobrir soja mais produtiva

“Existem cultivares que têm resistência a doenças, principalmente a doenças de solo. Outras não têm esse tipo de resistência. O produtor vai optar pela semente que tem uma boa produtividade, mas que seja resistência aos problemas que cada produtor tem na propriedade”, explica o coordenador da competição, Carlos Silva.

O agricultor João Antunes cultiva mil hectares de soja em Cristalina, sudeste de Goiás. Ele acompanha a competição todos os anos antes de escolher a semente para a safra. “Ajuda a tomar decisão, a gente conversa com outros produtores, trocamos informações nesses dias de campo. É muito importante para nós”, avalia.

Cultivar em destaque

Neste ano, as empresas encontraram um desafio a mais. A área da competição ficou 26 dias sem chuva. O veranico vai ajudar os produtores a observar como as variedades se comportam em momentos de estresse hídrico. Uma planta que se destacou, segundo os organizadores, foi a BR 7380 RR, cultivar produzida pela Embrapa Cerrados, que possui também resistência a seis tipos de nematoides. A empresa de pesquisa também participa da competição com outra variedade, que possui resistência à ferrugem asiática. A semente deve ser comercializada já na próxima safra.

Fonte:Roberta Silveira/Canal Rural

Manaíra Lacerda, em Brasília (DF)

Fonte : Canal Rural

Compartilhe!