Governo federal apresenta respostas às reivindicações do Grito da Terra

Entre as medidas anunciadas está o descontingenciamento de R$ 300 milhões para assistência técnica

Marcello Casal Jr/ABr

Foto: Marcello Casal Jr/ABr

Trabalhadores participaram de manifestações nesta quarta em Brasília

Após um dia de manifestações em Brasília com o Grito da Terra, representantes dos trabalhadores na agricultura familiar obtiveram respostas do governo federal à pauta de reivindicações do movimento. Depois de reunião com a presença da presidente Dilma Rousseff e do ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, o Planalto anunciou no final da tarde desta quarta, dia 30, que serão descontigenciados R$ 300 milhões de recursos do Ministério do Desenvolvimento Agrário para assistência técnica.
Os recursos do Pronaf, a serem utilizados na próxima safra, terão uma alta de R$ 2 bilhões, passando para R$ 18 bilhões. Foi divulgado também que a linha de crédito de custeio saltará de R$ 50 mil para R$ 80 mil por produtor.
O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Alberto Broch, gostou do anúncio, mas lamentou o fato de a reforma agrária não ter avançado nas negociações.
A pauta de reivindicações dos trabalhadores, intitulada Agenda por um Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, foi entregue à Presidência da República no dia 27 de abril com 138 propostas e, de acordo com a Contag, expressava os principais pleitos de aproximadamente 20 milhões de trabalhadores rurais ligados à confederação, às 27 federações de Trabalhadores na Agricultura e aos mais de quatro mil sindicatos de trabalhadores rurais.

Fonte: Ruralbr, COM INFORMAÇÕES DO CANAL RURAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *