Governo do RS sanciona projeto para agroindústrias familiares comercializarem seus produtos em todo Estado

Fonte:  Ruralbr

Susfaf/RS tem com objetivo integrar os serviços já existentes

O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, sancionou nesta sexta, dia 4, em Sarandi, norte do Estado, o projeto de lei que cria o Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial, Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (Susaf/RS). A nova lei, aprovada por unanimidade na Assembleia Legislativa em 18 de outubro, prevê que as agroindústrias familiares do Rio Grande do Sul, com inspeção municipal, possam comercializar seus produtos em todos os municípios do Estado.

– Estamos vivendo uma transição no modelo de desenvolvimento e investindo na base produtiva histórica. Nestes primeiros 10 meses de governo, buscamos criar as condições para que a nossa base produtiva se desenvolva e fortaleça a economia do Estado – afirmou Tarso em sua manifestação no CTG Porteira da Querência, ressaltando a importância do projeto que atende antiga reivindicação dos pequenos produtores e cooperativas rurais.

Para o secretário de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Ivar Pavan, o projeto eleva a agricultura familiar a um outro patamar de desenvolvimento.

Sistema Unificado

A Lei que institui o Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte, tem com objetivo integrar os serviços já existentes. Serviços estes de responsabilidade local, mas que inseridos em um Sistema Único cria as condições de gestão de um padrão de qualidade e de compromissos recíprocos entre os municípios, com ações do governo do Estado do RS e do governo federal para qualificar estes serviços, dando um padrão de qualidade, cada vez melhor, garantindo assim, o resultado final que é a proteção da saúde das pessoas, e de outro lado, o desenvolvimento local e regional.

Para o autor do Projeto de Lei, Edgar Pretto, a nova Lei é o coroamento de um trabalho, que teve 19 audiências públicas pelo Interior, e de uma vida ligada ao setor.

– Estamos realizando um sonho dos movimentos sociais que há anos lutam por uma medida como esta – disse o parlamentar, acrescentando que agora será possível ver os produtos do Interior serem vendidos nos supermercados de Porto Alegre.

O 1° tesoureiro da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Sul Fetag-RS, Nestor Bonfanti, disse que a sanção do governador ao projeto é "um presente de Natal antecipado", referindo-se a um sonho há anos acalentado e agora tornado realidade. O representante da Via Campesina, Cedenir de Oliveira, o Projeto é importantíssimo e vem em boa hora. Ele elogiou a sensibilidade do governador em sancionar e transformar em lei uma medida que há anos era buscada pelo setor.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

Um comentário em “Governo do RS sanciona projeto para agroindústrias familiares comercializarem seus produtos em todo Estado

  1. nota 10 para edegar preto,estou muito esperancoso em instalar minha agroindustria,depois de tantos anos remando,agora sera mais facil,com menos burocracia,obrigada,que deus o abencoe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *