Governo destina R$ 8,8 bilhões para agricultura ecológica

Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica foi lançado nesta quinta-feira

A presidenta Dilma Rousseff lançou nesta quinta-feira, 17, o Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica – Brasil Agroecológico. O objetivo é articular as políticas e ações de incentivo ao cultivo de alimentos orgânicos com base agroecológica.

Inicialmente, serão investidos R$ 8,8 bilhões em três anos. A maior parte dos recursos, R$ 7 bilhões, ficará disponibilizada por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e do Plano Agrícola e Pecuário.

O restante dos recursos será aplicado em programas específicos, como qualificação e promoção de assistência técnica e extensão rural, desenvolvimento de inovações tecnológicas e sua disponibilização aos produtores, além da ampliação do acesso aos mercados institucionais por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).

— Vamos incentivar a produção orgânica por agricultores familiares, aumentando a sua renda e ampliando a oferta de alimentos saudáveis na mesa dos brasileiros. Pequenos agricultores, assentados da reforma agrária e comunidades tradicionais terão acesso a credito subsidiado do Pronaf Treinamento, extensão rural e ampliação do acesso a mercados— escreveu Dilma, em sua conta no Twitter.

O Ecoforte contará com R$ 175 milhões, sendo R$ 100 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), R$ 50 milhões de demais parceiros e R$ 25 milhões de acordo entre o BNDES e Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O Banco do Brasil também disponibilizará R$ 150 milhões em linhas de crédito, com acompanhamento de cada cooperativa selecionada.

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *