Governo autoriza reconstituição de leite em pó em parte de MG e ES

BRASÍLIA  -  O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) estendeu às indústrias de laticínios de toda a área da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) afetadas pela seca a possibilidade de produzir  leite pasteurizado e do tipo UHT (longa vida) a partir da reconstituição de leite em pó. Com isso, passam a ser contemplados laticínios  localizados em alguns municípios de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Criada em fins de abril deste ano pela instrução normativa 14/2013, a  possibilidade  de reconstituir o leite em pó se aplicava, até então, apenas a indústrias localizadas nos  Estados do Nordeste. Apesar do nome, a área da Sudene também inclui, entretanto,  municípios de regiões economicamente mais pobres de Minas Gerais e Espírito Santo.

A inclusão implícita das indústrias desses municípios na IN 14/2013 foi determinada pelo ministério ao publicar uma nova IN, alterando a anterior,  no Diário Oficial da União desta segunda-feira.

(Mônica Izaguirre | Valor)

© 2000 – 2013. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3296302/governo-autoriza-reconstituicao-de-leite-em-po-em-parte-de-mg-e-es#ixzz2h8SU2eV3

Fonte: Valor | Por Mônica Izaguirre | Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *