Gilberto Carvalho quer conferência para discutir desenvolvimento sustentável no Brasil

Brasília – O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, disse que levará à presidenta Dilma Rousseff a proposta de uma conferência nacional específica para discutir o projeto de desenvolvimento sustentável para o Brasil. A proposta, de representantes da sociedade civil, foi feita durante o seminário Diálogo Social: Agenda Pós-2015 e Seguimento à Rio+20, hoje (16) no Palácio do Planalto.

“A conferência pode trazer contribuições para que o Brasil consiga de fato seguir um processo capaz de distribuir renda e, sobretudo, [desenvolver] a questão ambiental”, disse o ministro. “A sociedade reclamou aqui da falta de participação, seja no plano [da Organização] das Nações Unidas, seja aqui dentro do país, no sentido de dar uma contribuição efetiva para o modelo de desenvolvimento econômico, social e ambiental”, disse.

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, que também participou do evento, disse que a sociedade brasileira está “maciçamente mobilizada”. Segundo ela, o Brasil tem conquistado bons resultados rumo ao desenvolvimento sustentável, mas precisa atingir outro patamar.

“Nós somos um país que tem resultados excepcionais nos últimos dez anos em relação à erradicação da pobreza, à redução de emissões de gases, ao desmatamento na Amazônia, avanços na questão de consumo sustentável, mas nós precisamos ser mais agressivos em soluções permanentes para o país, um Brasil que eu sempre falo tem vários brasis em um mesmo Brasil”, disse a ministra.

Edição: Fábio Massalli

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil

Fonte: Agência Brasil | Danilo Macedo Repórter da Agência Brasil

Um comentário em “Gilberto Carvalho quer conferência para discutir desenvolvimento sustentável no Brasil

  1. O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NO BRASIL PASSA POR UMA MASSIFICAÇÃO DA INTELIG~ENCIA NACIONAL E PERCEPÇÃO DE QUE AS INTELIGÊNCIAS PRODUTIVAS NEM SEMPRE ESTÃO PRESENTE NOS SEUS REPRESENTANTES,
    HA NESCESSIDADE DE SE BUSCAR NO MEIO DESTE POVO AQUELES QUE TEM VOS E SABEDORIA PARA ADMINSTRAR ESTE CONHECIMENTO,
    HÁ O SÁBIO, O ADMINISTRADOR, E O CONHECEDOR,
    É PRECISO DISCERNI-LO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *