Genética irá absorver cada vez mais investimentos na pecuária de corte

Tendência é reforçada pela elevação de preços pagos por reprodutores bovinos

Genética irá absorver cada vez mais investimentos na pecuária de corte Anderson Petroceli/Especial

Com segmentação do mercado, a tendência é de alta no custo de produção e no risco da atividade Foto: Anderson Petroceli / Especial

Joana Colussi

joana.colussi@zerohora.com.br

A elevação de preços de reprodutores e o avanço da inseminação artificial no país reforçam a tendência de que a genética irá absorver cada vez mais os investimentos na pecuária. Em busca de uma raça com ciclo mais curto para cruzar com zebuínos, adaptados a climas tropicais, o produtor Henrique Gonçalves de Oliveira viajou mais de 1,6 mil quilômetros de São José do Rio Preto (SP) até Uruguaiana. Com fazenda em Figueirão (MS), onde cria mais de 5 mil cabeças, quer ampliar a qualidade da carne.

Leia também:

Como produzir uma carne macia e suculenta

Geoffry Fordyce destaca importância da seleção do animal para garantir qualidade da carne

— A carne produzida aqui é diferenciada — afirma Oliveira.

Com o consumo de 32 quilos per capita por ano de carne de gado, o Brasil deve ver crescer a exigência de qualidade. Com segmentação do mercado, a tendência é de alta no custo de produção e no risco da atividade.

— Em menos de uma década 50% dos produtores deverão abandonar o mercado pela alta no custo e pela necessidade de escala de produção — destaca Júlio Barcellos, coordenador do Núcleo de Estudos em Sistemas de Produção de Bovinos de Corte e Cadeia Produtiva da UFRGS.

O investimento em genética é justificado pela relevância das características naturais do animal na produção de uma carne de qualidade.

— Raças que atingem peso e cobertura de gordura mais rápido, são as mais valorizadas porque resultam em melhores produtos — observa o médico veterinário Fernando Velloso.

Confira abaixo o quanto cada fator representa, percentualmente, na produção de um corte de qualidade:

em vídeo, a venda do touro mais valorizado na temporada de primavera

ZERO HORA – Uruguaiana

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *