Gaúchos respaldam a indicação

Fonte:  Correio do Povo

Lideranças do PMDB gaúcho que apoiaram José Serra no pleito presidencial de 2010 consideraram o episódio superado e manifestaram ontem apoio à indicação de Mendes Ribeiro para o Ministério da Agricultura. "Aqui no Estado, 95% do PMDB apoiou o Serra. Foi uma posição política. Depois das eleições, falamos com o Michel Temer e fizemos uma composição. Estamos votando com o governo. Vamos dar respaldo ao Mendes na Agricultura", afirmou o deputado federal Osmar Terra. O vereador e presidente do PMDB na Capital, Sebastião Melo, disse que Mendes foi leal e coerente ao assumir o risco de contrariar as lideranças do diretório para apoiar Dilma Rousseff. "Ele ficou isolado, ficou ao lado da presidente Dilma, que tinha um peemedebista como vice", comentou Melo. As avaliações são de que Mendes reúne as condições necessárias para estancar a crise que abateu a Pasta. "É um político ficha limpa", frisou Melo. "Ele trabalha muito a convergência. Vai ajudar o governo a sair da crise", avaliou o deputado Darcísio Perondi.
O clima é de confiança. "Ele não é da área, mas é muito habilidoso. O Mendes vai montar uma boa equipe e fazer a parte mais política do ministério", defendeu Terra. No entanto, Mendes terá de superar as reclamações de aliados que preferiam a indicação de "alguém mais identificado com a área". Além da afinidade com Dilma, a indicação revela o estreitamento de laços entre Mendes e a cúpula do PMDB nacional, na qual os gaúchos historicamente não têm voz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *