Gaúchos negociam com vários países

Primeiros contatos animaram vendedores<br /><b>Crédito: </b> vinícius roratto

Primeiros contatos animaram vendedores
Crédito: vinícius roratto

As 48 cooperativas do Programa de Revitalização do Sistema Cooperativo do RS deram ontem o primeiro passo para vender seus produtos para o exterior durante a Expodireto. Em rodadas com compradores de países como Iraque, Irã, Rússia, Polônia, Cuba, Chile, Peru, Paquistão, Panamá e Espanha, elas ofertaram carnes suína, de carneiro e de frango, lácteos, grãos e vinhos. Segundo o coordenador da área internacional, Evaldo Silva Junior, houve interesses como o da Rússia e da Ucrânia por carnes e do Peru, Irã e Iraque por grãos. Ontem, também foi a vez das máquinas. Os compradores interessados vieram da África do Sul, de Angola, do Egito, do Sudão, da Rússia e de Cuba.
Na segunda-feira, os compradores deixaram os vendedores eufóricos. Na primeira rodada de negociações, foi a vez do arroz. Segundo Silva Junior, as 17 empresas importadoras de arroz do Irã, Iraque e Gana mostraram grande interesse na compra do grão. Outro produto inédito na Expodireto foram os serviços logísticos. Segundo o presidente da Associação Brasileira de Transportadores Internacionais, José Carlos Becker, 30 empresas puderam oferecer seus produtos para 20 empresas importadoras, muitas delas do Mercosul.

Fonte: Correio do Povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.