Fundoleite ainda sem acordo

O setor de lácteos e a Secretaria da Agricultura (Seapa) não chegaram a um acordo sobre o modelo para criação do Fundoleite. Reunidos ontem, Sindilat, Farsul, Fetag, Fiergs, Apil e Ocergs concordam com a criação do Instituto Gaúcho do Leite (IGL) privado, mas discordam em relação à natureza do fundo. Sindilat e Farsul sugerem que o Fundesa seja utilizado para custear as políticas do setor. Segundo o presidente do Sindilat, Wilson Zanatta, o conselho técnico do leite do Fundesa teria concordado em contribuir com R$ 2,5 milhões por ano. Já Ocergs e Apil apoiam a proposta da Seapa de que os recursos sejam compartilhados entre o governo e a indústria, deixando de fora os produtores. O secretário da Agricultura, Luiz Mainardi, afirmou que vai manter a proposta de contribuição de apenas dois setores e que enviará emenda à AL alterando o PL inicial, que previa três partes.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *