Fórum indica déficit logístico no país

Lideranças do agronegócio nacional apontaram ontem, durante o fórum ‘Desafio 2050: Unidos para alimentar o planeta’, em São Paulo, o atraso logístico do país como o principal obstáculo à meta de aumento de 40% da produção de alimentos nos próximos 36 anos. De acordo com Alan Bojanic, representante da FAO no Brasil, investimentos pesados em infraestrutura e políticas públicas para reduzir os riscos, principalmente os climáticos, foram as principais necessidades elencadas. ‘Porque já se chegou ao consenso de que sem portos eficientes, estradas em condições e estímulos como o seguro agrícola não chegaremos a esse patamar’, completou. Sobre o assunto, Luiz Carlos Carvalho, da Abag, disse que o governo precisa se espelhar nos EUA, que subvencionam parte do prêmio do seguro. ‘Lá, veio a estiagem, e os agricultores se mantiveram firmes, porque há seguro. Aqui, quando esses fenômenos acontecem, os agricultores quebram ou ficam com a corda no pescoço de tantas dívidas’, disparou.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *