Frente parlamentar e articulações políticas fortalecem o setor

Ainda em Brasília, as articulações políticas relacionadas ao biocombustível estão fortes. Presidente da Frente Parlamentar Mista do Bio-diesel (FPBio), fundada em 2011 e composta hoje por 234 parlamentares, entre deputados e senadores, o deputado federal gaúcho Jerônimo Goergen (PP) ressalta que o setor passou a ter grande importância dentro da matriz nacional. "O bio-diesel tem vários aspectos, como a geração de empregos, a garantia de agregação de valor, a questão energética e ambiental também. Criamos a Frente para articular o setor no âmbito legislativo", diz Goergen.

De acordo com o deputado, há grande potencial para ser explorado em vendas para o exterior, embora o País esteja, no momento, com as atenções voltadas ao consumo interno. "Trabalhamos para que a soja brasileira, quanto menos for embora como matéria-prima bruta, melhor. Este é um mercado de exportação incipiente, mas é (um processo) irreversível", projeta o parlamentar.

"O relacionamento do setor com a área política tem sido a melhor possível e pretendemos que assim se mantenha", reforça o vice-presidente do Sindicato da Indústria de Biodiesel e Biocombustíveis do Rio Grande do Sul (Sindibio-RS), Guido Barnes. "Precisamos informar a sociedade que o biodiesel é um combustível renovável. A cada safra, as matérias-primas se renovam, não é o caso dos combustíveis oriundos do petróleo, cujas reservas vão sendo consumidas e não há reposição", compara Barnes.

O diretor-técnico da Ema-ter/RS, Alencar Ruggeri, aponta a relação do combustível com a agricultura familiar. "Temos desenvolvimentos regionais consideráveis em função da cadeia do biodiesel. Ela é antes, agricultor familiar, durante, com o biodiesel, e depois, com o farelo, que está perto de quem vai produzir frango, ovos e leite. A cadeia é um pilar muito importante para o sistema agroindustrial. Se não tivéssemos usinas do produto, não esmagaríamos soja. E de onde viria o farelo?", questiona.

Fonte: Jornal do Comércio

Compartilhe!