Frente da Agricultura Familiar debate prioridades para o setor frente à pandemia

Andre Borges/Agência Brasília
Agropecuária - plantações - agricultura familiar pequenas propriedades cultivo agricultores
Prioridades no Congresso para a agricultura familiar no momento de pandemia será debatida nesta manhã

A Frente Parlamentar Mista da Agricultura Familiar promove reunião virtual hoje sobre as prioridades de atuação do Congresso Nacional para tratar de pautas importantes para o setor momento da pandemia do Covid-19.

O debate, que será realizado em plataforma de reunião, atende a solicitação do presidente do colegiado, deputado Heitor Schuch (PSB-RS).

“Temos muitas propostas em tramitação, projetos de lei, medidas provisórias, tanto na Câmara quanto no Senado, e precisamos saber o que é mais importante agora, para unirmos forças e garantir não só a aprovação mas também a colocação das matérias em prática”, afirma Schuch. Ele lembra que a proposta de ampliar o auxílio emergencial de R$ 600,00 para outras categorias de trabalhadores, entre os quais os agricultores familiares, aprovada nas duas Casas, foi vetada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Ainda deverá ser debatido o Plano Safra para o setor. A preocupação é com o montante de recursos e, principalmente, com os juros do crédito de custeio e investimento. “Precisamos de taxas reduzidas. Os produtores estão descapitalizados, endividados, com muitos prejuízos por conta da seca, e sem apoio não terão como plantar a próxima safra”, alerta o deputado.

Foram confirmados:
– o presidente da Contag, Aristides dos Santos;
– representantes de Federações de Trabalhadores na Agricultura de todos os estados do País; e – o secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Fernando Schwanke.

A reunião será realizada a partir das 9 horas.

Da Redação – RL

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Compartilhe!