FORÇA AO PLANTIO EM ÁREA DE FUMO

Um projeto do governo do Estado deve incentivar o aumento da área de safrinha de milho após a colheita de áreas de fumo. A política inclui o financiamento de kits de secagem e armazenagem, que seriam adaptados às estufas já existentes nas propriedades. Calcula-se um número de cem mil estufas no Estado, com capacidade estática de armazenagem de 60 t/cada.

Para reduzir o risco climático, de acordo com o secretário adjunto da Seapa, Cláudio Fioreze, a ideia é aproveitar o programa Mais Água, Mais Renda para a compra de equipamentos de irrigação. Além disso, salienta, a política pública deve contar com incentivos tributários que ainda estão em estudo. Segundo Fioreze, o potencial de plantio é de 300 mil hectares nas regiões do Vale do Taquari e Depressão Central.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *