Fiscais cobram ampliação do quadro para atender MP dos portos

Quadro atual de funcionários não é suficiente para atender as demandas da Medida Provisória

por Estadão Conteúdo

Ernesto de Souza

Quase 500 fiscais federais agropecuários estão lotados nos portos, aeroportos, postos de fronteira e aduanas especiais

O Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) alerta sobre a necessidade se adequar às mudanças propostas pela Medida Provisória 595/12, a MP dos Portos. Segundo o sindicato, será necessário contratar novos servidores para cobrir as mudanças. A Medida Provisória exige fiscalização de maneira integrada, sete dias por semana e 24 horas por dia, para liberar cargas, embarcações e veículos.
O presidente do sindicato, Wilson Roberto de Sá, argumenta que apenas mudar o horário de funcionamento nos portos não resolve o problema, pois o quadro atual de funcionários não é suficiente para atender às novas demandas. Sá afirmou que atualmente 477 fiscais federais agropecuários estão lotados nos portos, aeroportos, postos de fronteira e aduanas especiais. Ele calcula que seriam necessários 227 novos profissionais para atuar e garantir a segurança dos produtos de origem animal e vegetal.

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *