FINANCIAMENTOS – Linha para arrozeiros e MP do Fundo de Aval podem sair nesta semana

Expectativa é que crédito para setor de arroz seja anunciado pela ministra Tereza Cristina na Expointer

arroz

Foto: Unsplash

O senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) afirmou que o governo deve concluir até esta quinta-feira, 29, a elaboração da linha de crédito para arrozeiros endividados. A expectativa é que ela seja anunciada pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina, na sexta-feira, dia 30, na Expointer, em Esteio (RS).

O parlamentar destacou que trabalha para que o presidente Jair Bolsonaro assine ainda nesta semana a medida provisória que cria o Fundo de Aval Fraterno, que dá sustentação aos financiamentos para produtores com dívidas, e outros cinco instrumentos de estímulo ao crédito rural. O texto já passou pela revisão dos ministérios da Agricultura da Economia e aguarda a publicação do Planalto.

“Devemos concluir esses estudos entre hoje (quarta, 28) e amanhã (quinta) para que quando a ministra for ao Rio Grande do Sul possa levar uma solução”, disse Heinze.

Ele afirmou que, para o arroz, o governo deve anunciar uma linha específica, diferente das já existentes. “Hoje, o BNDES já tem uma linha e o Banco do Brasil tem outra, só que são muito caras, entre 10% e 12%. A Farsul e a Federarroz deixaram uma proposta aqui para o governo de usar recursos dos depósitos compulsórios. O governo está estudando. Aí seria uma linha específica, porque esse custo de 12% é muito caro. Os produtores não aguentam mais. E o ponto importante: já está na hora do plantio e o pessoal ainda está atrasado em relação a lavoura que vai plantar para safra 2019/2020. Muita preocupação dos produtores nesse momento e temos que achar solução”.

Fonte : Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *