Fetag articula pressão contra o projeto que prevê venda de terras para estrangeiros

Mobilização consiste na criação de uma comissão externa no Legislativo e promoção de audiência pública

26/02/2021 | 19:42

Carolina Pastl*

A Fetag/RS e diversos Sindicatos de Trabalhadores Rurais lançaram uma mobilização contra o projeto de lei 2.963/19, do senador Irajá Abreu (TO), que autoriza a venda de terras para estrangeiros, nesta sexta-feira, em seminário virtual.

Os participantes solicitaram ao deputado estadual Elton Weber que encaminhe ao presidente da Assembleia Legislativa, Gabriel Souza, o pedido de criação de uma comissão externa que acompanhe o andamento do projeto em Brasília e defenda sua rejeição.

Além disso, Weber deve requerer o agendamento de uma audiência pública da Comissão de Agricultura para debater o assunto. O movimento sindical irá pressionar parlamentares municipais, estaduais e federais para que se engajem na causa e façam a posição contrária chegar forte à Capital Federal.

A proposta possibilita que empresas estrangeiras comprem até 25% do território dos municípios. Os defensores argumentam que o projeto, se aprovado, aumentará o investimento estrangeiro direto em atividades produtivas no país. Representantes dos agricultores familiares entendem que o texto possibilita o aumento da concentração da propriedade.

“A proposta é danosa para a agropecuária familiar e vamos  pressionar os deputados a votarem contra”, reiterou o presidente da Fetag-RS, Carlos Joel da Silva.

*Sob supervisão de Elder Ogliari

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *