Festival interativo discute sustentabilidade

Na terceira edição do programa, Movimento Green Nation apresenta atividades diversas e gratuitas para despertar, no público, os cuidados com o meio ambiente e o planeta no dia a dia

Encontro terá voo virtual  sobre o Rio Guandu, que fornece água e energia para a Região Metropolitana Encontro terá voo virtual sobre o Rio Guandu, que fornece água e energia para a Região Metropolitana
Foto: Governo RJ

Rio de Janeiro – O que moda, cuidados com a água e o meio ambiente, o relacionamento entre empresas e pessoas, o uso consciente da energia e inovação têm em comum? É justamente a relação entre esses elementos que o movimento Green Nation quer mostrar para o público.

O festival começa hoje, vai até domingo e quer despertar a consciência das pessoas sobre sustentabilidade nas ações do dia a dia. O evento terá mostra de cinema, festival de multimídias, oficinas, palestras, instalações interativas e diversas atividades para pessoas de todas as idades. A terceira edição do encontro será no Museu do Amanhã e no Armazém 1 do Píer Mauá, ambos na região portuária.

"A sustentabilidade é uma atitude. O Green Nation acredita que, para garantir o futuro do planeta agora, é preciso engajar pessoas através da emoção e pensar novos formatos nas relações entre negócios, pessoas e meio ambiente", diz Marcos Didonet, diretor do Green Nation.

Referência internacional de economia circular, o professor alemão Michael Braungart falará, hoje, na cerimônia de abertura. Ele é o criador do conceito Cradle to Cradle (do berço ao berço) e defende uma cadeia logística mais eficiente, em que os dejetos industriais se transformam em novos produtos ao serem reinseridos no processo produtivo após o consumo.

"O crescimento sustentável vai muito além da questão ambiental. Também significa impactar positivamente a qualidade de vida das pessoas. Ao assumirmos esse compromisso, incentivamos a redução da desigualdade, gerando oportunidades em todo o mundo", afirma o cônsul-geral dos EUA no Brasil, James Story, que apoia a iniciativa.

Programação

As atividades do Green Nation foram divididas em três grandes áreas: Sustentabilidade, com atividades sobre o meio ambiente, cidades justas e sustentáveis; Cidadania, com foco em diversidade, tecnologia da informação, comunicação e negócios sociais; e Bem-estar, que pensa sobre saúde e incentiva o esporte e a qualidade de vida. O acesso é gratuito e as inscrições podem ser feitas pelo site greennation.com.br.

A gerente de Educação do Museu do Amanhã, Melina Almada, acredita que o Green Nation será a oportunidade para que o grande público, principalmente estudantes da rede pública, possa debater questões ambientais recentes. "Atuamos para que nossos visitantes conheçam e atuem sobre as transformações do planeta, descobrindo jeitos diferentes de produzir, consumir e inovar", diz.

Entre as atrações do Píer Mauá haverá a simulação da estação brasileira na Antártica, um submarino que percorrerá o fundo do mar e uma nave para um sobrevoo virtual no Rio Guandu. Já no Museu do Amanhã serão realizadas palestras e painéis de Mashup, nos quais serão debatidos temas sobre economia circular, inovação para a sustentabilidade e empreendedorismo para superação de cenários adversos. O espaço abrigará, ainda, Oficinas de Cocriação, MakerSpace e o Festival Audiovisual com mostra multimídia.

Da redação

Fonte : DCI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *