Fenasul pode mudar calendário em 2013

Na abertura, organizadores defenderam novas parcerias para crescer

 Produtores prestigiaram abertura oficial, ontem, em Esteio<br /><b>Crédito: </b>  pedro revillion

Produtores prestigiaram abertura oficial, ontem, em Esteio
Crédito: pedro revillion

Com abertura esvaziada de autoridades, a 8 Fenasul e 35 Expoleite começaram ontem, em Esteio, a programação já de olho em 2013. Antecipada em uma semana este ano, a feira deve mudar o calendário de novo para crescer. De saída do cargo, o presidente da Gadolando, José Ernesto Ferreira, propôs o retorno do Bocal de Ouro, e a adesão da Fenovinos. Até 2007, a Fenasul era em abril e o Bocal integrava a programação. No caso dos ovinos, segundo a Arco, isso só seria possível em 2014, pois ano que vem a feira será em Júlio de Castilhos. Segundo o diretor do parque Assis Brasil, Telmo Mota Junior, o calendário 2013 deve ser lançado na Expointer, em agosto. "Estamos buscando conciliar mais eventos para dar mais força à feira."
Marcos Tang, da Granja Tang, que assume a presidência da Gadolando no domingo, gostaria de ser empossado com a data definida, propiciando o planejamento do produtor e demonstrando o profissionalismo da feira. Ele teme a sobreposição de datas. "Entendemos que para o Estado abrir a estrutura somente uma vez no outono é melhor economicamente, mas precisamos de uma data boa para todos." Já o presidente da Associação de Criadores de Jersey, Fernando Müller, irá propor a feira em junho, porque até maio os produtores estão colhendo grãos e vacinando contra a aftosa.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *