Fazenda veta abate na dívida agrícola em troca de APPs

Fonte: Revista Globo Rural

A idéia foi lançada nesta terça-feira (10/05) a fim de acelerar o acordo com entre líderes do governo e o relator do novo Código Florestal

por Luciana Franco

O Ministério da Fazenda não autorizou a proposta do governo federal de abater a dívida agrícola de quem recuperar Áreas de Preservação Permanente (APPs) em rios e nas encostas. A idéia foi lançada nesta terça-feira (10/05) a fim de acelerar o acordo com entre líderes do governo e o relator do projeto do novo Código Florestal, Aldo Rebelo.
De acordo o Ministério da fazenda, dos R$ 80 bilhões da dívida do setor, cerca de R$ 30 bilhões estão nas mãos do setor público, o restante se deve a contratos com instituições privadas. Destes R$ 30 bilhões que estão com o governo, R$ 18 bilhões se referem a uma carteira de pagamentos que está em dia.
O estímulo financeiro proposto pelo governo seria calculado com base na redução das emissões de gases de efeito estufa. Cada hectare plantado significa cortar 90 toneladas de carbono e a cada tonelada de carbono retirada da atmosfera o produtor receberia R$ 17.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *