Faltam fiscais para por serviço em dia

 Em protesto, manifestantes distribuíram leite à população em Brasília<br /><b>Crédito: </b>  MARCELLO CASSAL JÚNIOR / ABR / CP

Em protesto, manifestantes distribuíram leite à população em Brasília
Crédito: MARCELLO CASSAL JÚNIOR / ABR / CP

Os fiscais federais entraram ontem com liminar contra a decisão do Superior Tribunal de Justiça, que determinou a retomada quase que total dos serviços. A previsão do sindicato da categoria é que as cargas paradas em decorrência da greve, que já dura dez dias, sejam liberadas somente no final da semana que vem. No Estado, até ontem à tarde, havia 212 cargas paradas, com 5,4 mil toneladas de alimentos, sendo 3 mil t de grãos e frutas. Conforme o presidente do Anffa, Wilson Roberto Sá, não há pessoal suficiente para dar conta do trabalho acumulado.
Sob protestos com distribuição de leite, ontem, em frente ao Ministério da Agricultura, em Brasília, os servidores reivindicaram pleitos como reposição salarial de 22,08% e realização de concursos. Apesar da manifestação, eles não foram recebidos pelo ministro Mendes Ribeiro Filho. Conforme o presidente do Instituto Brasileiro de Frutas, Moacyr Fernandes, o problema está sendo pior de administrar nos aeroportos, onde não há câmaras frias para acondicionar as frutas que são exportadas, que representam 10% das 674 mil t que saem do país anualmente.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *