Falta de conhecimento ajuda no impacto ambiental, diz arquiteta

A falta de conhecimento de arquitetos e engenheiros é uma das principais causas do impacto ambiental gerado pelos prédios, afirma a arquiteta Viviane Cunha, responsável por avaliar edifícios que ambicionam o selo inglês Breeam, primeiro certificado ambiental do mundo, criado após a Eco-92. Segundo ela, as pessoas ignoram o impacto produzido pelos materiais usados nas construções. Quanto à Rio+20, Cunha acredita que a conferência pode não ter resultados práticos, mas o debate pode estimular o surgimento de iniciativas verdes no País. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Para a arquiteta, a forma de produção de prédios no Brasil não ajuda a construção sustentável. Além disso, ela acredita que o principal empecilho para a tecnologia verde é a falsa ideia de que a sustentabilidade é cara. A certificação ambiental considera nove pontos das construções para avaliar sua sustentabilidade. As principais são uso da energia, saúde e bem estar no imóvel, e materiais utilizados.

Fonte: Terra