Exportação de gado em pé bate recorde

Sebastião Nascimento comenta o desempenho

boi_feicorte_feira (Foto: Rogerio Cassimiro/Ed. Globo)
Em 2010, o Brasil faturou US$ 658 milhões com a exportação de gado em pé (Foto: Rogerio Cassimiro/Ed. Globo)

Tem gente que condena a exportação de gado em pé, mas que ela gera divisas para muitos produtores, disso não tenho dúvidas. Constatei pessoalmente a sua importância lá no Pará, na Amazônia inóspita. Além disso, o mercado brasileiro é imenso e dá lugar a todas as atividades.
Acompanhem: em 2010, o Brasil faturou US$ 658 milhões com a exportação de gado em pé, um recorde que perdurou até 2013, quando o faturamento saltou para US$ 717 milhões com o embarque de 688 mil cabeças. Sobre 2012, houve incremento de 23%. Naquele ano, a receita somou US$ 582 milhões e 512 mil cabeças foram comercializadas.
A vizinha Venezuela continua sendo a maior importadora – 88,6% das compras. Libano, Egito e Jordânia também importam gado em pé.
Os números foram divulgados pela Associação dos Exportadores de Bovinos (Abeg). A entidade acredita que os embarques vão crescer.

Fonte: Globo Rural | POR SEBASTIÃO NASCIMENTO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *