Exportações do campo renderam 12% menos até junho

  Diante da persistente queda dos preços internacionais de algumas das principais commodities agrícolas exportadas pelo país, a receita dos embarques do agronegócio brasileiro voltou a recuar em junho e "coroou" todo um primeiro semestre em baixa. Conforme dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pelo Ministério da Agricultura, as vendas do setor ao exterior alcançaram US$ 9,1 bilhões no mês, 5% menos que em junho de 2014, ao passo que as importações recuaram 12,8%, para US$ 1,1 bilhão, e o superávit diminuiu 3,9%, para US$ 8 bilhões. Com isso, no primeiro semestre as exportações setoriais renderam US$ 43,3 bilhões, 11,9% menos que em igual intervalo do ano passado, enquanto as importações ficaram em US$ 7,1 bilhões, em queda de 15,3% na comparação, e o superávit foi de US$ 36,1 bilhões, 11,2% menor. Os dois segmentos que lideram as exportações do agronegócio amargaram queda nas vendas de janeiro a junho. As exportações do "complexo soja" (grão, farelo e óleo) diminuíram 20,9% em comparação ao mesmo intervalo de 2014, para US$ 16 bilhões, e os embarques de carnes (bovina, de frango e suína) foram 14,9% mais baixos (US$ 6,9 bilhões). Os destaques positivos do período foram os aumentos das receitas com produtos florestais (2%, para US$ 5 bilhões) e café (8,7%, para US$ 3,2 bilhões).

Fonte: Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *