– Exportações de soja em outubro superam em 200% volume embarcado em 2014

As exportações de soja em grão até a terceira semana de setembro (11 dias úteis) apresentaram uma média diária de 125,3 mil toneladas, totalizando 1.378,8 milhões de t no período. Esse volume é 289,1% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), divulgados nesta segunda-feira (19), que apontam ainda um crescimento de mais de 200% na receita deste volume na comparação anual.

Com desempenho de mais de US$ 48,4 milhões/dia, a receita com as exportações nas três semanas deste mês totalizaram 533,5 milhões de dólar, 28,8% abaixo da média diária do mês passado, onde foram embarcados 95,5 milhões de dólares/dia.

De janeiro a setembro os embarques do complexo soja somaram US$ 24,49 bilhões, sendo a Ásia é a maior responsável pela aquisição dos produtos brasileiros. A China se destaca pela importação de soja em grão, enquanto os países do Sudeste Asiático, Coreia do Sul e Japão estão entre os principais compradores de farelo de soja.

Do valor total arrecadado pelo Brasil com as exportações neste período (US$ 19,16 bilhões), 78,2% referem-se à soja em grão; 18,3% (US$ 4,47 bilhões) representaram as vendas externas de farelo; e US$ 856,91 milhões (3,5%), as de óleo de soja. As exportações dos três produtos respondem por cerca de 17% do total das exportações brasileiras neste ano.

Conforme as estatísticas, as exportações totais do complexo soja (incluindo farelo e óleo) somaram 729,6 mil de toneladas no acumulado de outubro. Os embarques do farelo de soja neste mês avançaram 15,6% em volume (para 652,7 mil de toneladas) e recuaram 3,1% em receita (para US$ 247 milhões) na comparação com 2014. No caso do óleo de soja o volume exportado cresceu 65,8% para 76,9 mil toneladas e, a receita avançou 38,4% para US$ 47,6 milhões no total das três semanas.


Notícias Agricolas

Fonte: Famasul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *