Exportações de milho cresceram 529% em julho em relação a 2011

Cereal foi o destaque da balança comercial do mês passado

por Agência Estado

Ernesto de Souza

Nos primeiros sete meses do ano, as exportações brasileiras de milho somaram 3,503 milhões de toneladas

O expressivo crescimento das exportações de milho foi o destaque na balança comercial do agronegócio no mês passado. Dados divulgados nesta terça-feira (14/8) pelo Ministério da Agricultura mostram que as exportações do cereal em julho atingiram 1,703 milhão de toneladas, que geraram receita US$ 419,3 milhões. Em relação ao mesmo mês do ano passado as exportações de milho cresceram 529% em valor e 431% em receita.
Apesar da disparada verificada em julho, no acumulado dos primeiros sete meses deste ano as exportações de milho cresceram apenas 15% e somaram 3,503 milhões de toneladas. A receita cresceu 17% e atingiu US$ 888 milhões. Os embarques de milho estavam represados até junho, porque as tradings vinham priorizando as exportações de soja em grão, que de janeiro a julho atingiram 27,503 milhões de toneladas, volume 26% superior ao exportado em igual período do ano passado. A receita cresceu 33% para US$ 14,189 bilhões.
O total das exportações do agronegócio em julho foi de US$ 8,98 bilhões, valor 6% acima do verificado no mesmo mês do ano passado. Já o valor das importações de produtos do agronegócio teve queda de 14% no mês, totalizando US$ 1,22 bilhão. A elevação das exportações e queda das importações possibilitou um saldo comercial do agronegócio de US$ 7,76 bilhões em julho.
No acumulado dos sete primeiros meses deste ano as exportações do agronegócio somaram US$ 53,76 bilhões, valor 4,1% acima de igual período do ano passado. As importações foram de US$ 9,24 bilhões, o que resultou em superávit de US$ 44,52 bilhões no período.
Nos últimos 12 meses, as exportações brasileiras do agronegócio somaram US$ 97,08 bilhões, valor 13,2% maior em relação ao período anterior. Segundo o Ministério da Agricultura, foi o segundo maior valor da série histórica, suplantado apenas pelo desempenho registrado no período entre junho/2011 a maio/2012. As importações de produtos do agronegócio somaram US$ 16,93 bilhões, valor 6,4% superior aos 12 meses anteriores. O superávit comercial atingiu o valor recorde de US$ 80,15 bilhões.

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *