Exportações da avicultura alcançam US$ 5,8 bi

As exportações de produtos da avicultura brasileira somaram US$ 5,8 bilhões de janeiro a agosto, 7,4% acima de igual intervalo de 2012, segundo a União Brasileira de Avicultura (Ubabef). Em volume, houve queda de 2,6% na mesma comparação, para 2,68 milhões de toneladas. Os números consideram carnes de frango, peru, pato, marreco e ganso, ovos, ovos férteis e material genético.

No mês de agosto, as exportações desses produtos alcançaram 350,6 mil toneladas, 5,1% acima de igual mês de 2012. Em receita, essas vendas geraram US$ 690 milhões, crescimento de 7,3% na comparação com agosto do ano passado.

Em nota, o presidente da Ubabef Francisco Turra, afirma que, apesar de o ano não ser de crise – como ocorreu em 2012 por conta de custos elevados de produção -, ainda não se pode dizer que "seja um ano de crescimento". Ele diz que persistem fatores adversos, como os elevados custos industriais, de transporte e de insumos, como o farelo de soja.

As exportações de frango respondem pela maior parte dos embarques totais da avicultura. As vendas externas somaram 2,56 milhões de toneladas entre janeiro e agosto, 2% abaixo de igual intervalo de 2012. A receita do segmento no período subiu 8,62%, para US$ 5,4 bilhões.

Outro item importante, a carne de peru ainda sofre os efeitos da crise na Europa. Entre janeiro e agosto, os embarques do produto caíram 4,3% em relação a igual período de 2012, para 107,1 mil toneladas. Também houve queda em receita, de 0,7%, para US$ 307,2 milhões.

No segmento de ovos, os embarques tiveram queda expressiva no período. Os volumes somaram 7,8 mil toneladas, recuo de 53,7% sobre o mesmo período de 2012. O Brasil exporta ovos in natura e processados. A receita com os embarques atingiu US$ 14,4 milhões, recuo de 45,5% na comparação com janeiro a agosto de 2012. O principal destino do produto é o continente africano.

Conforme a Ubabef, as exportações de carnes de outras aves caíram 53,6% de janeiro a agosto deste ano, alcançando 954 toneladas. A receita também teve queda expressiva, de 59%, para US$ 3,4 milhões.

No caso das exportações de material genético, os embarques subiram 10,1% na comparação com o mesmo período de 2012, para 734,9 toneladas. Em receita, a alta foi de 27,5%, para US$ 35,5 milhões. Em ovos férteis, os volumes somaram 4,8 mil toneladas, um recuo de 37,4% sobre igual intervalo de 2012. A receita caiu 38,8%, para US$ 47,1 milhões.

© 2000 – 2013. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3273546/exportacoes-da-avicultura-alcancam-us-58-bi#ixzz2fFMb1Bi3

Fonte: Valor | Por Alda do Amaral Rocha | De São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *