EXPODIRETO BATE RECORDES

CLEIDI PEREIRA | cpereira@correiodopovo.com.br

A Expodireto 2013 já bateu a edição passada em público e negócios encaminhados pelos bancos, indicando que a feira poderá ultrapassar o faturamento de 2012, de R$ 1,106 bilhão. Até ontem, o parque em Não-Me-Toque já havia recebido 191,9 mil pessoas – 3,45% a mais do que o público dos cinco dias de 2012. O tumulto nos estandes das instituições financeiras era um dos indícios de que os negócios iam bem. Levantamento feito pelo Correio do Povo indica que, nos quatro primeiros dias, o valor prospectado por Badesul, Banco do Brasil, Banrisul, BRDE e Sicredi alcançava R$ 914,1 milhões, 16,4% mais do que o protocolado em 2012.

O Banco do Brasil (BB) obteve incremento de 100%, fechando a quinta-feira com R$ 266 milhões em pedidos de financiamento. Para o gerente de mercados do agronegócio do BB, João Comerlato, a queda no juro do PSI aliada a uma boa safra, é o principal motivador. ‘Isso fez muitas pessoas repensaram seus projetos’, disse. O diretor de crédito do Banrisul, Guilherme Cassel, que esperava encerrar o dia com até R$ 200 milhões, calculava incremento de 150%. ‘Tem produtor comprando máquina à vista. Isso não acontecia há 20 ou 30 anos.’ Com R$ 131 milhões em vendas prospectadas, o BRDE já ultrapassou em 162% o total encaminhado na edição passada. Aumento também no Sicredi, que, até ontem, havia recebido 1,08 mil pedidos, ultrapassando R$ 117,1 milhões (138,9% a mais que o total de 2012). O Badesul informou que estava perto de alcançar a meta de R$ 250 milhões. Pela manhã, o presidente da Cotrijal, Nei Mânica, já admitia que a previsão do presidente do Simers, Claudio Bier, de que a feira bateria a casa dos R$ 2 bilhões, poderia se confirmar.

Pedidos por banco

– BB – R$ 266 milhões

– Banrisul – R$ 150 milhões

– Sicredi – 117,1 milhões

– BRDE – R$ 131 milhões

– Badesul – R$ 250 milhões

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *